Como escolher o papel de parede para quarto de bebê?

Chegou um dos momentos mais esperados pelos pais: preparar o quarto da nova vida que está prestes a nascer. Até parece algo complicado, mas se você conta com as dicas certas, a harmonização estará garantida. Prova disso são os mobiliários, objetos decorativos e a cor protagonista que precisam combinar entre si e fazer com que o ambiente não se torne cansativo, tampouco sem personalidade. Aqui, mais do que falar do décor como um todo, falaremos do papel de parede para quarto de bebê. A opção, fácil de ser aplicada, conta com estampas diversificadas e é uma saída ótima para quem quer beleza, qualidade e facilidade na aplicação. Duvida? Veja dicas!

O papel de parede para quarto de bebê é versátil

O papel de parede para quarto de bebê vem como uma alternativa para aqueles pais que não querem realizar reformar ou comprometer o espaço com intenso cheiro de tinta. O material é muito versátil, encontra-se em diferentes estampas e, claro, é preciso escolher por opções resistentes para não comprometer a decoração a curto/médio prazo.

papel-de-parede-para-quarto-de-bebe

papel-de-parede-para-quarto-de-bebe-comprar

papel-de-parede-para-quarto-de-bebe-montacasa

E é bom que você saiba: existem duas opções distintas de papel de parede: o chamado vinilizado, que conta com uma camada de cola vinílica protetora e garante maior vida útil do material (cerca de cinco anos), e o comum, sem camada protetora e que, consequentemente, dura menos. Em ambos os casos, o material pode apresentar texturas ou imitar revestimentos. Sim, o que não faltam são opções para deixar o quarto do bebê gracioso. Contudo, vale ressaltar que o papel de parede para quarto de bebê mais adequado é a primeira opção, já que ela consegue ser limpa com pano úmido com facilidade, não ocasionando, assim, o acúmulo de sujeira e possível alergia na criança.

Na hora da escolha, opte pelas cores claras, que passem a sensação de tranquilidade. Os tons pastéis, por exemplo, são um ótimo exemplo. Caso queira uma cor intensa no ambiente, o que não deixa de ser uma boa alternativa também, opte por trazê-las em detalhes como objetos decorativos, roupas de cama ou mesmo apenas uma parede de destaque com o papel de parede para quarto de bebê. O importante é não ter medo de errar e trazer personalidade ao espaço que será um dos mais visitados nos próximos meses. Logo, baseie-se no estilo do quarto para escolher o papel de parede. Ele pode ser romântico, mais lúdico, neutro e mais.

papel-de-parede-para-quarto-de-bebe-delicado

papel-de-parede-para-quarto-de-bebe-dica

papel-de-parede-para-quarto-de-bebe-rosas

E se a ideia é economizar, lembre-se: opte por papéis de paredes menos temáticos, como as listras, por exemplo, pois, assim, não é necessário trocá-lo a partir do momento em que a criança cresce. Eleja uma cor protagonista e brinque com os tons, dando um ar mais neutro para o espaço, independentemente de ser menino ou menina.

O papel de parede para quarto do bebê pode ser aplicado pelo próprio consumidor, porém, tal ação deve ser planejada com paciência, pois se esticá-lo de forma errada, todo o trabalho será comprometido e a decoração, nem é preciso dizer, ficará bem longe do que você espera: com bolhas e imperfeições bem aparentes. Caso você não tenha o mínimo de habilidade, sugerimos, claro, a contratação de um profissional para deixar tudo bem bonito.

papel-de-parede-para-quarto-de-bebe-dicas

papel-de-parede-para-quarto-de-bebe-precos

papel-de-parede-para-quarto-de-bebe-ideias

Vale lembrar que os papéis de parede para quarto ilustrados nesta postagem pertencem a coleção Infantário, da Bobinex, e foi assinada pela designer Vanessa Guimarães. Com opções que vão do lúdico ao minimalista, no Montacasa há um modelo que mais combina com a família! Confira e compre online:

[tribulant_slideshow gallery_id=”49″]

Deixe uma resposta