GUIA | Como montar uma mesa de jantar tradicional?

O post de hoje é sobre tradições, mas adoro ir além. O que é tradicional? De acordo com o dicionário, é transmissão de lendas, ritos, usos, culturas e crenças, de uma geração para a outra. Opa! Então tradição está totalmente voltado a história, certo?

Sempre me pego com estes questionamentos, já que no mundo de hoje, muitas vezes o tradicional é visto como démodé, ou seja, fora de moda. Discordo completamente: o tradicional é clássico e eterno. Tem uma aura de magia, que só as coisas antigas trazem.

Leia também:
5 dicas de decoração para mesa de jantar requintada
5 dicas de decoração de mesa para a primavera

Por falar em magia e coisas antigas, nada como ouvir night and day, na versão com Frank Sinatra – tipo de trilha que me leva a outras épocas no ato! 🙂

Divagações à parte, hoje a ideia é ensinar a montar uma mesa de jantar tradicional, daquelas com tudo o que tem direito. Daí começa o primeiro pânico de todo mundo, que é a arrumação em si – alô, regras de etiqueta!

Mesa-jantar-tradicional-dicas-mesa

servir-a-mesa-ebook

Sim, elas são importantes para qualquer arrumação de mesa, mas, no caso da tradicional, com vários talheres, pratos e copos, ela se torna indispensável, e não é frescura. Tem toda uma questão de logística envolvida, e, uma vez aprendido os conceitos básicos, eles permanecem por fazer todo o sentido.

Mesa-jantar-tradicional-dicas-arrumacao

Mesa-jantar-tradicional-dicas-como-arrumar

Como regras básicas, garfos do lado esquerdo, facas do lado direito, estas sempre com a serra para dentro. Sabe por quê? A serra para fora demonstra agressividade. Os talheres são arrumados de acordo com a ordem de uso, sempre de fora para dentro. Caso colheres sejam necessárias, como para sopa ou sobremesa, por exemplo, devem ser arrumadas ao lado das facas.

Mesa-jantar-tradicional-dicas-talheres

Os copos ficam sempre ao lado esquerdo, e, cada bebida com seu copo específico. Quando arrumo em casa, gosto de ter copos de cores diferentes – além de dar um charme extra, fica mais fácil de localizar na hora do serviço. Ainda melhor se forem de tipos e formatos diferentes.

montar-mesa-de-jantar-dica

Os pratos devem ficar sobrepostos, de acordo com a ordem de uso. Normalmente, em jantares mais tradicionais, vale investir em um belo jogo de porcelana, que fica para vida toda. Sugiro cores neutras ou alguma cor que seja favorita, assim, fica mais fácil para descoordenar depois – em jantares mais informais, sempre mesclo com peças coloridas e de materiais diferentes.

montar-mesa-de-posta

Muito além da etiqueta para mesa de jantar

Regras básicas ditadas para a mesa de jantar é hora de ir um pouco além e se divertir. Mesmo sendo tradicional e um pouco mais formal, sempre dá para atualizar e trazer para o contemporâneo.

Uma boa forma de imprimir um estilo pessoal à mesa tradicional é apostando em detalhes de impacto. Adoro fazer isso usando anéis e guardanapos diferenciados. Criam pontos de cor na mesa e quebram um pouco do clássico.

Mesa-jantar-tradicional-dicas-guardanapos

montar-uma-mesa-de-jantar

Outra maneira de preparar a mesa de jantar é apostar em arranjos de flores personalizados e assimétricos, deixa a mesa linda e com estilo. Só atente para que sejam baixos – a não ser que queira se esconder de alguém que está do outro lado, rs.

Mais beleza que isso, só fazendo em casa. E treine: a prática leva à diversão.
Até semana que vem!

Fotos: via Pinterest

priscila-mendes




Sobre Priscila Mendes

Food stylist, produtora de conteúdo, chef de cozinha, colunista do blog do Montacasa e criadora do site Banquet.

Siga Priscila Mendes nas redes sociais:

Facebook
Instagram_