Como preparar cada canto do seu jardim de verão

O verão é, talvez, a época do ano mais aguardada pelos brasileiros. Isto porque é neste período que a maioria das pessoas sai de férias dos seus trabalhos e dos seus estudos.

Muitas famílias usam este tempo para descansar e se divertir. Alguns vão para hotéis e pousadas, mas outros preferem buscar pela diversão certa no próprio pátio de casa. Por isto é tão importante deixar o jardim preparado para momentos assim.

jardim-de-verão-01
Projeto by Revista Viva Decora

#1 Criando zonas de interesse em seu jardim de verão

Muitos pensam que jardins são apenas zonas com gramas e canteiros. Acontece que o quintal de uma casa pode ser muito mais aproveitado que isto.

Obviamente, a beleza, as boas energias e o ar renovado oferecido pelas árvores, flores e folhagens não tem substituto. Mas entre o verde podem ser montadas muitas zonas funcionais – sobretudo voltadas ao entretenimento.

Estas zonas são chamadas pelos paisagistas de “zonas de interesse”. Isto quer dizer que, automaticamente, elas “chamariam” a atenção dos observadores, que logo as percebem como um espaço interessante onde encontrar todo o necessário para relaxar, descansar e se divertir. Mas é claro que para a formação destas zonas faz-se preciso  a instalação de vários equipamentos.

Prepare-um-lindo-jardim-de-verão-01
Projeto by Bender Arquitetura

Pra começar, num país quente como o Brasil, nada melhor do que uma área de piscina no jardim. Mas é importante prever em torno disso um revestimento de piso antiderrapante e atérmico – para que as pessoas possam pisar próximo da borda da água com total segurança. 

E ainda existem os pisos drenantes, que permitem a passagem da água da chuva até as camadas de solo, promovendo o equilíbrio do bioma local.

Outra ideia interessante é montar uma área de interesse sob um lindo pergolado de madeira – uma zona totalmente destinada ao descanso e contemplação. Também uma pequena quadra para práticas de esportes – com direito a redes e cestas.

E, por fim, um espaço gourmet, com churrasqueira, e um espaço inverno, com lareira de jardim. Claro que existem outras possibilidades, dependendo da área de terreno.

Prepare-um-lindo-jardim-de-verão-02
Projeto by Catê Poli Paisagismo
jardim-de-verão-02
Projeto by Revista Viva Decora

#2 Mobiliando os espaços de áreas externas da casa

Mobiliário não é algo previsto apenas para áreas internas de edificações, mas externas também. Inclusive isto é um detalhe bastante importante em propostas de paisagismo e até de urbanismo. 

No quintal de casa, muitas zonas de interesse – tanto a céu aberto quanto cobertas – podem ser formadas pelo agrupamento de peças mobiliárias.

Prepare-um-lindo-jardim-de-verão-03
Projeto by AR Arquitetura

Podem-se utilizar móveis em madeira, concreto, metal ou plástico para complementar o jardim de verão. São vendidos, no mercado, sofás, cadeiras, espreguiçadeiras, bancos, banquetas , mesas, estantes, aparadores, carrinhos auxiliares e mais, tudo para este fim. 

E a combinação destas peças pode ser o que determinará, justamente, a funcionalidade de cada setor do quintal, varanda, sacada ou terraço de casa.

jardim-de-verão-03
Projeto by Casacor MG 17

Para zonas de contemplação do jardim, pode-se utilizar somente alguns bancos – talvez adornados, formando conjunto com esculturas e fontes.

Já para beiras de piscinas, cadeiras e mesas sobre ombrelones. Alguns destes assentos, inclusive, podem conter uma camada de estofamento revestida com tecido impermeável resistente à ação dos raios solares.

Projeto by Claudia Comparin

Agora, para áreas de churrasqueiras é importante que todos os móveis escolhidos sejam ainda mais resistentes. Eles precisam ser de fácil higiene, precisam ser resistentes à gordura e ao calor.

Além disso, seu design pode ser especial, podendo atender a outros fins quando necessário. Ou seja, que estas peças possam serem levadas de uma zona para outra sempre que for desejado.

jardim-de-verão-04
Projeto by BY Arq&Design
Projeto by Kali Arquitetura

#3 Complementando o cenário com árvores, flores e folhagens

Por fim, este texto volta ao ponto inicial, o verde. Claro que existem lindos projetos de paisagismo seco. Mas nenhuma beleza criada pelo homem pode substituir a perfeição da obra divina. 

As espécies naturais são a coisa mais certa para complementar – e até mesmo potencializar ou melhorar – qualquer projeto de arquitetura. Por isso, é importante considerar o uso de plantas em projetos de jardins de residências.

Se a arquitetura é a obra, a moldura para deste projeto pode ser as mais belas árvores, flores e folhagens. A quantidade de espécies a serem cultivadas no quintal vai depender do espaço disponível.

Em áreas reduzidas, pode-se adotar um sistema de jardim suspenso ou de jardim de parede composto por vários vasos presos a suportes especiais. Mas atenção para a irrigação e para a coleta de água desta estrutura.

Projetos by Juliana Freitas e Espaço do Traço Arquitetura

– Para áreas sombreadas, são sugestões as seguintes plantas: antúrio, jasmin, brinco-de-princesa, lírio, semânia, violeta, maria-sem-vergonha, primulinha, copo-de-leite, orquídea, trevo, camarão, e begônia.

– Para áreas com alta exposição aos raios do sol, são sugestões as seguintes plantas: agave, yuca, cica, pata de elefante, espada de São Jorge, buxinho, hera, bulbine, moreia, e várias espécies de cactos.

Viu como você pode deixar seu jardim de verão ainda mais lindo nesta estação? Então, mãos à obra!

Estas dicas para arrumar seu jardim de verão foram criadas pela equipe Viva Decora.

Deixe uma resposta