Técnica Feng Shui na decoração de quarto é tendência

O Feng Shui é uma técnica de harmonização de ambientes que diz que as cores do quarto podem influenciar na saúde das pessoas. Saiba mais e veja inspirações!

Algumas pessoas associam as cores à abundância, à prosperidade, à beleza e as boas energias. E isso tem um motivo: existem correntes de pensamento que defendem que tudo o que há no meio interfere diretamente nos sentimentos e na saúde dos seres vivos – seja transmitindo paz e aconchego ou raiva e angústia -, assim em como elas percebem os espaços. Por esse motivo, é importante saber o significado das cores e como aplicá-las em cada situação. E é aí que entra o Feng Shui na decoração!

Os publicitários, os designers, os arquitetos e até os médicos estudam esse tema. Não é brincadeira! Se essa é uma questão que pode levar produtos e empresas do sucesso ao fracasso, então não é algo que possa passar despercebido no planejamento de interiores.

cores-quarto-feng-shui
By Arq & Design

 

feng-shui-na-decoracao
Bruna Dias Germano

O que é e como trabalhar o Feng Shui na decoração?

Feng Shui é uma técnica de origem chinesa. Ela promove soluções para harmonizar os ambientes. Acredita-se que ativando as áreas existentes dentro dos imóveis, por meio dos elementos, é possível ativar as áreas da vida – como o amor, a saúde e o trabalho.  Isso seria possível através do bom planejamento arquitetônico e da escolha adequada de móveis, objetos decorativos, cores, entre outros.

A escolha de cores para um quarto, por exemplo, num primeiro momento, é pessoal. Até porque esse é um espaço destinado à expressividade individual da pessoa que nele habita. É onde ela guardará os seus objetos pessoais, onde passará mais tempo – quando estiver em casa -, e onde recuperará as suas energias. Então é ela que deve definir qual o tom que melhor se adapta a sensação que se deseja passar. Cores aplicadas de forma inadequada, em vez de trazer benefícios, passam a prejudicar todos os que utilizam os espaços!

feng-shui-na-decoracao
Très Arquitetura

Mas é importante ressaltar que, para o Feng Shui na decoração, mais do que escolher cores, é prioritário equilibrar os cinco elementos – água, madeira, fogo, terra e metal! Na teoria é simples. Um ambiente equilibrado é aquele com um pouco de cada elemento. Mas, não se pode esquecer que, em primeiro lugar, um quarto precisa seguir os gostos e a vibração dos donos. Só assim ele estará, realmente, perfeito. Se o decorador ignora suas preferências, seguindo apenas os preceitos do Feng Shui, as consequências poderão ser desagradáveis.

feng-shui-na-decoracao
Espaço do Traço Arquitetura

Escolhendo cores para um quarto

O profissional de interiores deve dar as suas sugestões quanto às cores mais indicadas para um ambiente. Mas, claro, é o cliente que fará a escolha final dentre as melhores opções apresentadas. Se tratando do quarto, o primeiro ponto a se analisar é como atingir a verdadeira sensação de tranquilidade e conforto, como fazer o convite ao amor, ao descanso e relaxamento. Isto seria fazer o uso adequado das cores.

Leia também:
5 canais no YouTube para quem ama decoração e design
Itens curingas para deixar a decoração de casa na tendência

Aquelas pessoas que têm mais dificuldade em dormir podem optar por tons mais escuros, como os marrons. Eles podem ser bem aconchegantes. A escuridão ajuda a manter o ciclo do sono regulado, ou seja, ela colaborará com o momento de dormir.  Geralmente, uma decoração desse tipo combina mais com pessoas introspectivas e de caráter reservado.

feng-shui-na-decoracao
Carlos Rossi

O branco é a cor mais reconfortante, assim como os seus subtons. Ela deixa os quartos com uma aparência limpa, parecendo um spa. Porém, em demasia, o seu brilho pode deixar o ambiente muito frio e monótono, instigando conflitos, ansiedade e até depressão.

feng-shui-na-decoracao
Idealizzare Arquitetos

Há outros tons muito bons para decorar um quarto dentro da técnica Feng Shui. Os off-white são suaves e fáceis de combinar. O cinza, por exemplo, é ótimo para aqueles que adoram trocar todos os objetos decorativos com certa frequência. Ele é atemporal e combinará com quaisquer mudanças pelo qual o espaço passar. Ainda tem os tons pastéis, como o lilás, o bege e o romântico e terno rosa, que se adequam perfeitamente à situação.

feng-shui-na-decoracao
Studio Fernanda Mancini Arquitetura & Design

Quarto de casal

Em um dormitório de casal a felicidade e a união devem prevalecer. O azul pode parecer ser uma escolha ruim ou incomum, mas, na verdade, essa cor é um meio termo reconfortante. Ela transmite boas sensações e só trará problemas emocionais, como apatia, se aplicada em excesso. Além das paredes, as cores mais fortes podem estar em todo o mais – tecidos, quadros, arranjos ou outros objetos.

feng-shui-na-decoracao
Esther Zanquetta

Nos planos maiores, vermelho, amarelo e laranja devem ser evitados. A primeira cor até que é bem-vinda quando se trata de artigos para casais. Pode ser uma boa opção quando há pouca ativa e se quer reacender a paixão. Ela é capaz de aumentar a autoestima e a vibração dos parceiros. O problema é que pode aquecer demais o relacionamento. Então, o decorador de utilizá-la apenas pontualmente, sem exageros.

Já a segunda e terceira cor emanam muita alegria e animação. Elas despertam muito a atenção das pessoas, o que impediria o seu relaxamento e descanso. Mas, a situação muda completamente quando a decoração é para um quarto de criança ou de um jovem. Para despertar a criatividade e a segurança do pequeno ser humano, a variedade de cores se faz necessária.

Quarto de bebê ou adolescente

A ideia de que só o azul poderia servir para um quarto de menino e só o rosa para o quarto de uma menina é coisa do passado. O gênero é um tema abordado de forma diferente nos dias de hoje e pode ser explicitada pela decoração de outras formas, não só nas paredes. As cores têm uma função lúdica nos quartos infantis. Elas devem estimular sua força, inteligência, esperteza e, acima de tudo, amabilidade.

feng-shui-na-decoracao
Ana Branco

decoracao-infantil

Ao planejar um quarto de bebê, o decorador deve escolher uma combinação clara e suave. Isso porque, nessa fase, as crianças precisam de mais tranquilidade e aconchego. Cores fortes podem lhe causar muita agitação e dificultar o sono. Para estimular o seu crescimento o verde é uma ótima escolha – mas é interessante contrabalançar com cores quentes para cortar sua vibração.

feng-shui-na-decoracao
Ana Maria Parisi

Os tons de verdes são excelentes principalmente para meninos. Já os amarelos combinam com todo o tipo de criança, estimulando seu intelecto e comunicação. E na fase da adolescência, as paredes do quarto podem ser pintadas de laranja. Ela é mais alegre, estimulante, e tem a capacidade de fazer melhorar o desempenho humano nos estudos.

Agora conta pra gente: você gosta e tem interesse pelo Feng Shui na decoração? Conte tudo nos comentários!

Este post sobre a escolha das cores do quarto segundo o Feng Shui foi escrito pela equipe Viva Decora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.