Decoração de quarto infantil longe dos clichês

Nem só de rosa e azul vive uma decoração de quarto infantil, então, estamos aqui para mostrar que harmonizar cores diferentes e se jogar em novas tendências, pode ser uma ótima saída!

Quando o assunto é decoração de quarto infantil, existem inúmeras possibilidades para deixar o cantinho das crianças lindo e superfuncional. No entanto, vamos combinar: a maioria das lojas do nicho, bem como empresas especializadas na venda de itens infantis, não sai dos clichês e o que vemos por aí é o uso de muito branco, rosa, azul e só um pouquinho de verde e amarelo, impossibilitando que criemos uma decoração infantil bacana e baseada em outras tendências que não sejam basicamente sempre a mesma coisa.

decoracao-para-quarto-infantil

produtoss-para-quarto-infantil

Mas, ao passo que muitas lojas ainda continuam na mesma, existem outras empresas no mesmo segmento que já perceberam este ‘mais do mesmo’ e estão criando alternativas criativas para quem quer decorar quarto infantil de uma forma diferente. A própria técnica Montessoriana e o estilo escandinavo, por exemplo, estão aí para mostrar que mais do que criar um decor bacana, é extremamente importante pensar no conforto da criança.

Então, procuramos a designer de interiores Renata McCartney para nos dar algumas dicas de harmonização para a decoração de quarto infantil. A profissional, especificamente, tem uma maneira muito particular de trabalhar e com certeza vai abrir seus horizontes, principalmente se você ainda está em dúvida sobre quais objetos escolher, bem como quais paletas de cores utilizar no quarto dos pequenos.

Leia também:
Olhar Arquitetônico by Renata McCartney

Preto na decoração de quarto infantil? SIM!

Já pensou em usar preto na decoração de quarto infantil? E cinza? Ou um pouquinho de marrom? Difícil de imaginar, né? Estas cores, especificamente, desde muito tempo, estão estigmatizadas por serem consideradas pesadas, sem alegria e vida. Mas, na decoração, todos estes tons estão livres de preconceitos e podem ser usados sem nenhuma cerimônia no quarto dos pequenos, basta que eles estejam devidamente harmonizados.

decoracao-quarto-infantil

quarto-infantil-decoracao

Parece um pouquinho complicado sair dessa zona de conforto, mas a designer de interiores Renata McCartney mostra que não. É só dar uma olhadinha nos projetos dela que ilustram este post para perceber que existe muita vida e criatividade bem longe do rosa e azul. “Qualquer elemento relacionado a crianças não precisa mais ser fundamentado nas cores primárias […]. A verdade é que os quartos infantis estão tornando-se tão contemporâneos como outros ambientes da casa”, afirma.

Peças curingas e novas tendências

Escolhido o tema e a paleta de cores para a decoração de quarto infantil, chegou a hora de definir os mobiliários e os itens decorativos que vão compor o espaço. Vale lembrar que, mais do que bonito, o espaço precisa representar o refúgio da criança, sendo confortável e seguro o suficiente para ela.

Independente do tema que escolher, existem elementos curingas bem legais e que você deve ficar de olho. A premissa básica é harmonizar sem exageros. “Qualquer elemento charmoso pode virar um tema: uma estampa, uma almofadinha, o formato de uma peça delicada em papel machê. Recomendo que procurem primeiro algo que encante, e a partir desse objeto, os outros vão se organizando e formando todo o projeto do ambiente”, aconselha Renata.

decoracao-de-quarto-infantil-dicas

decoracao-de-quarto-infantil-dicas

Aí é que a pesquisa entra em ação. E, olha, tem muita coisa linda por aí: almofadinhas, itens handmade, tapetes macios e tantos outros produtos que chamam a atenção pelo bom gosto e qualidade. Outra ideia é adotar a tendência Montessoriana que citamos no começo do post, lembra?

Nesta técnica, o principal objetivo é fazer com que a criança enxergue o mundo a partir do seu próprio tamanho. “Desde bebê, o quarto de cada um é um ambiente muito pessoal, por isso é muito importante que a funcionalidade seja organizada ao redor do indivíduo. Nos meus projetos, porta-brinquedos e porta-livros com fácil acesso para as crianças é sempre fundamental”.

decor-de-quarto-infantil

De fato, independente da técnica que adotar no quarto infantil, a gente só quer mostrar neste post que decorar o espacinho das crianças pode ir muito além das possibilidades que mostram por aí. O legal mesmo é que a criança se sinta confortável e totalmente inserida dentro do seu ambiente, brincando e interagindo com todos os elementos do quarto.

Leia também:
5 dicas incríveis para decoração de quarto infantil

Na dúvida, claro, fica o conselho: busque por um profissional especializado, seja um arquiteto ou designer de interiores, para te ajudar a escolher as paletas de cores, bem como os mobiliários que estarão no quartinho. Assim, as chances de erro diminuem por completo e a criança terá um ambiente lindo e totalmente personalizado.

decorar-quarto-infantil

Agora, conta pra gente o que você acha de sair dos clichês na hora de decorar o quarto infantil? Investiria numa tendência diferenciada? Deixe nos comentários!

Imagens: Renata McCartney.

Deixe uma resposta