O que é e como aplicar porcelanato líquido? Saiba aqui!

Quem está sempre atento às novidades da construção civil já deve ter ouvido falar no porcelanato líquido. Mas você poderá ficar surpreso em saber que ele, na verdade, já é utilizado no Brasil desde a década de 1960. Porém, antes, era visto empregado apenas em edifícios públicos, indústrias, laboratórios, pátios de colégios e mais. Mas, hoje, está sendo altamente explorado pela arquitetura e design de interiores residenciais.

A característica líquida do produto é o que mais agrada os consumidores. Pisos autonivelantes feitos com esta resina – que contém poliuretano ou epóxi – costumam ter um aspecto liso e brilhante. Mas podem-se obter resultados distintos de acordo com a forma de aplicação do material. Se você buscava um jeito de renovar o visual da casa, sem a necessidade de qualquer quebra-quebra, o porcelanato líquido é uma ótima solução.

porcelanato-liquido
Ambiente by Deyvid Silva

Como é feita a aplicação do porcelanato líquido sobre piso

O piso autonivelante, popularmente chamado de porcelanato líquido, é altamente resistente e durável. Geralmente, sua aplicação tem um custo baixo, mas para o consumidor o que mais compensa é mesmo a baixa manutenção e a facilidade de limpeza. Ademais, ele ainda pode receber, por baixo, um sistema térmico – o que é excelente para residências localizadas em zonas de clima mais frio, como o sul do país.

“Se os itens mais importantes do projeto forem funcionalidade, limpeza e beleza, o porcelanato líquido é a melhor opção.” – Fernando Dantas, em reportagem de AEC Web.

porcelanato-liquido-03
Ambiente by Camila Tannous.

Leia também:
10 tipos de revestimento de parede que transformam o decor

Decoração 3D: o charme dos revestimentos de parede

Personalização da superfície

O efeito visual do porcelanato líquido é mesmo impressionante! Os projetistas lançaram a ideia de aplicar nas residências e os clientes aprovaram. Agora, já existem diversas empresas trabalhando com esta linha decorativa no Brasil. Muitas utilizam um sistema de aplicação de adesivos, de diferentes desenhos, somada à resina transparente. Com isso, é possível brincar com a criatividade.

comprar-revestimento

Como já foi dito, as possibilidades de aplicação do porcelanato líquido em residências são muitas. Por ser composto por multicamadas, o revestimento pode ser personalizado. Imagine um piso de banheiro com um fundo de oceano. Ou um quarto de menino com uma grande pista de corrida estampada no chão para ele brincar de carrinho. Trata-se de pisos artísticos, com texturas, figuras planas ou em 3D.

porcelanato-liquido
Ambiente by CasaCor Ceará.

Aplicação do porcelanato líquido (resina)

Claro, que a aplicação da resina não é tão simples quanto parece. Por isso, é sempre melhor contratar mão-de-obra especializada. O profissional fará a devida limpeza e regularização do piso – este é o momento mais importante da preparação da superfície. Não pode ficar qualquer resquício de gordura, partículas soltas ou umidade. E os rejuntes e trincas devem ser emparelhadas ao mesmo nível do revestimento.

Estando toda a superfície livre de sujeiras e buracos é vez de aplicar o porcelanato líquido. Seguindo todos os passos como devido, espera-se secar. O resultado final é uma camada homogênea, monolítica. Ela fica bastante resistente – principalmente à impactos e abrasão. Só que, mesmo assim, tem certas coisas que podem lhe manchar ou tirar o brilho. Por exemplo, os produtos químicos derivados do petróleo.

porcelanato-liquido
Ambiente by Oscar Mikail.

“Apesar de ser resistente, o porcelanato líquido está suscetível a arranhões, portanto não é recomendado derrubar objetos pontiagudos ou arrastar determinados móveis sobre a superfície.” – arquiteta Cristina Grossi, Dicas de Mulher.

porcelanato-liquido
Ambiente by Tetriz Arquitetura e Interiores.

Como utilizar o porcelanato líquido nas composições decorativas

Os pisos autonivelantes em porcelanato líquido podem ser feitos em diversas cores. Com resina de poliuretano, pode-se obter uma camada em branco, bege ou cinza. Já em epóxi, a gama é ainda maior – permitindo, inclusive, a criação de desenhos. Mas, ambas podem ser aplicadas sobre pisos existentes. Geralmente, a espessura da resina líquida aplicada sobre o piso fica em torno de três milímetros. Pode parecer pouco, mas, se tratando de revestimento de piso, não é. Em locais onde é impossível o aumento de nível, uma ideia é utilizar a tinta com base em epóxi, que forma uma camada lisa e brilhante muito parecida com o porcelanato líquido – claro que não é a mesma coisa.

porcelanato-liquido
Ambiente by CasaCor Ceará.

Obviamente, o nivelamento do piso com resina supera a pintura. Qual a vantagem? Por cobrir todas as juntas, fissuras e rugosidades do revestimento de inferior, não acumulará sujeiras, bactérias ou fungos. Sabe aqueles rejuntes de cozinha e banheiro que ninguém suporta esfregar? Nesse caso, não existe. Para limpeza da superfície, basta passar um pano úmido com detergente neutro –  e depois uma cera líquida, para dar mais brilho.

porcelanato-liquido
Ambiente by Mariana Arnellas.

Gostou da ideia? Que tal aplicar o porcelanato líquido em sua casa? Você verá que os ambientes parecerão mais bonitos, limpos, amplos e confortáveis como nunca – principalmente por não apresentarem mais as tais emendas.

Dê adeus às cerâmicas antigas, pedras naturais ou ao contrapiso sem revestimento!

Estas dicas para usar porcelanato líquido foram criadas pela equipe Viva Decora.

Imagens: Divulgação Viva Decora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.